TÉCNICA:
ACUPUNTURA

Pratica milenar que consiste na aplicação de agulhas ou laser, visando o equilíbrio físico e emocional por meio da melhor distribuição da energia.

← Voltar à lista de técnicas

A palavra ACUPUNTURA deriva do latim ACU (que significa “com agulha”) e PUNTURA (que significa “picada”).

A acupuntura é uma das mais antigas terapias conhecidas pela humanidade. Alguns afirmam 5mil, outros 7 mil anos de existência. Ela se baseia num conjunto teórico complementar diferente daquele que norteia a medicina Ocidental.

O mais antigo dos livros conhecidos sobre a teoria da medicina chinesa é o NEI CHING. Foi escrito em forma de diálogo, sendo os dois participantes Huang Ti (o Imperador Amarelo) e Qi Po (mestre e médico taoísta). Na antiguidade os médicos freqüentemente também eram mestres religiosos, assim como muitos monges ocidentais eram altamente especializados em fitoterapia.

A acupuntura, como vem sendo usada ao longo dos séculos pelos chineses, pode ser descrita como uma terapia verdadeiramente holística.

Holístico significa “aquilo que abarca o todo” e, em termos médicos, indica o tratamento do paciente como um todo. Não se trata de um sinônimo para COMPLEMENTAR ou ALTERNATIVA, quando se refere a terapias, porque embora a maioria das terapias complementares quando usada adequadamente, é possível usar a maioria, se não todas elas, de modo não holístico.

Além disso, não importa o quanto um médico seja inclinado ao holismo, a característica intrínseca da medicina ocidental não é holística, visto que a maioria dos tratamentos disponíveis envolve o uso de medicamentos e cirurgias.

Os medicamentos modernos são formulados para agirem especificamente sobre apenas uma ou duas queixas em particular. Por isso, as pessoas com várias enfermidades acabam tendo que tomar uma série de comprimidos diferentes para controlá-las. Porque ainda não se descobriu nenhuma medicação ortodoxa que ela sozinha faça isso, nem um medicamento que consiga elevar o grau de saúde do ser humano em sua totalidade.

Na acupuntura, entretanto, o sistema de diagnóstico funciona no sentido de encontrar um tratamento sob medida para cada pessoa.

Após uma conversa com o paciente e a avaliação de alguns itens muito importantes para o diagnóstico, como pulso, tez (cor e aparência da pele) e língua, será feito um tratamento personalizado, que irá tratar o ser enfermo como um todo; abrangendo seu espírito, seu corpo físico e psíquico.                                                                                                     

    Na tradição chinesa o Espírito deve estar em harmonia, se ocorre o contrário, haverá um desequilíbrio energético. Isso vai resultar em obstrução do fluxo de energia ou força vital do organismo, que irá gerar um mau funcionamento e doenças físicas e/ou psíquicas.

Essa energia flui por um sistema de canais energéticos, e a obstrução desse fluxo se manifesta em forma de doença na parte do organismo “irrigada” pelo canal afetado.

O objetivo da acupuntura chinesa, que consiste na inserção de agulhas em vários pontos bem definidos ao longo desses canais, é recuperar o equilíbrio do fluxo de energia, e assim, fazer com que a parte associada retorne a sua função normal. Mas, é antes de tudo restabelecer o equilíbrio do espírito para que esse ser não volte a enfermar. Aqui entra aquela parte da medicina preventiva da qual falamos.

Por tudo isso, a acupuntura chinesa é utilizada para as mais diversas doenças físicas, psíquicas e espirituais, pois isso tudo está interligado. Harmonizando o espírito todo o corpo físico e emocional refletirá saúde.

 

Terap. Lêdda Martins